Sonhos perdidos

E de repente esqueceu dos seus sonhos. Já não era mais aquela garota inocente que tinha mil deles e que achava, achava não, tinha certeza que todos se tornariam realidade. Tudo parecia tão simples na juventude. Os sonhos pareciam tão mais alcançáveis. Mas de repente aquela garota teve que crescer, escolher uma faculdade, ir atrás de um emprego. Acordar pra realidade. E conseguiu tudo isso. Depois de anos ela viu que não era aquilo que queria. Viu que tinha se esquecido dos seus sonhos. Se lembrou de quem era na adolescência. Sonhadora. Se lembrou dos seus sonhos, e de quem queria ser. E daí se perguntou: Porque a realidade não pode ser como nos sonhos? E isso a atormentava. Tirava seu sono. Sonhava acordada. Cada dia que passava era um dia a menos fazendo o que gostava. E um dia a mais com medo de arriscar e torná-los realidade. Mas um dia a vida chegou pra ela e disse que ela poderia ser quem ela quisesse, e fazer o que quisesse. Que a realidade era o que ela quisesse que fosse. Que ela era dona da sua própria realidade. Que da mesma forma que batalhou e conseguiu coisas que não queria, ela poderia conseguir tudo aquilo que ela queria. E valeria muito mais a pena. Aprendeu que a vida era feita de escolhas e oportunidades, e seja lá o que ela escolhesse, a primeira oportunidade era ela quem se daria. Dizendo sim aos seus sonhos, arriscando.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s