Você já assistiu o filme dos youtubers?

Netflix

Oi oi! As férias estão chegando (pra alguns) e nada melhor do que uma maratona de filmes, não é mesmo? Muito convenientemente, a Netflix está com vários filmes e séries adicionados recentemente, e mais pra lançar em julho. Além de terem lançado o filme “Fica comigo” (que eu já falei sobre aqui no blog), Okja, e outras séries originais, foi lançado esse mês também “Internet: o filme (dos youtubers)”.

Internet - o filme
Captura de tela

A ideia da Netflix era ter feito um filme que ia fazer muito sucesso no Brasil. Faz todo sentido, pegar algo que já faz sucesso e fazer um filme sobre, chama muita atenção. Então vamos avaliar este filme, que eu só fui assistir ontem.

Internet - o filme
Captura de tela

Na história, como a própria Netflix fala, os personagens são alguns dos youtubers mais famosos no Brasil (senti falta do Whindersson e Kéfera, que são mais famosos que muitos que estão lá). O filme se passa em um hotel, onde acontece um evento de youtubers, e várias histórias paralelas são mostradas. Realmente é um enredo novo, é algo que você nunca viu em outros filmes, justamente porque aborda essa fama que nasce meio que de um dia para o outro, apenas com um vídeo. E do mesmo jeito que ela vem, ela pode ir. Mostra também como a sociedade atual é extremamente ligada à Internet (novidade).

Internet - o filme
Captura de tela

Mas apesar dessa “inovação” que é a história, e apesar de usar como atores alguns dos youtubers mais famosos, o filme não é lá essas coisas. As histórias não são tão interessantes, alguns youtubers não são atores (não atuam bem, e aí que deviam ter chamado a Kéfera, já que ela é atriz de verdade), a trilha sonora (pra quem não gosta de funk, assim como eu) é péssima. A única “moral” que dá pra tirar da história é que a fama para youtubers é algo que vem de repente, alguns não fazem o mínimo esforço pra estarem ali, outros fazem de tudo e ainda não conseguem, e alguns não fazem questão alguma de estarem ali. Acredito que tenha sido também uma crítica discreta à sociedade atual que é tão ligada à Internet, e “de momentos”, ou seja, o que é tendência a gente está seguindo.

Fizeram parte do filme: Gusta Stockler, Felipe Castanhari, Pathy dos Reis, Teddy, Rafinha Bastos (aka, o Cuzão. Ah é, tem palavrão também no filme), Cocielo e mais um monte que eu nem conhecia. Ah, e os youtubers não são eles mesmos no filme, eles são apenas atores que fazem personagens com nomes diferentes. Eu sei que a curiosidade vai fazer muita gente assistir, por isso não vou nem recomendar que não assista, mas eu dou 2 estrelas! E vou tentar voltar com o resumo de um filme bom da próxima vez. Fui!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s